Documentário “Nem Choro, Nem Samba” sobre Guitarra Baiana

O documentário “Nem Choro, Nem Samba” conta a história da guitarra baiana, com depoimentos dos principais artistas ligados ao instrumento, além de reunir três grandes guitarristas — Armandinho Macedo, Morotó Slim e Luiz Caldas — que representam as três fases abordadas no filme: a criação, o esquecimento, e como o instrumento ressurgiu através de novos artistas ligados, desta vez, não apenas à música de Carnaval. Leia mais…

Alexandre Vargas responde

Como foi seu primeiro contato com a guitarra baiana?

alexandre-vargasEm casa, meu pai, Jaime Siles Vargas, me “enchia” de som ao por na vitrola discos em vinil que marcaram minha vida. Óperas como “As Bodas de Fígaro” (Mozart); composições como “O Carnaval dos Animais” (Camile Saint-Saens); musica cantada e instrumental de origem boliviana; discos de grupos e cantores como Originais do Samba,Trio Elétrico Dodô & Osmar, Maria Betânia, Gal Costa, dentre outros. Leia mais…

História de um sonho amplificado: Aroldo Macêdo no TEDxPelourinho em 2011

Filho de um dos inventores do Trio Elétrico, Osmar Macêdo, e irmão mais novo do mestre do bandolim Armandinho Macêdo, o multiinstrumentista baiano Aroldo Macêdo começou a estudar piano aos nove anos de idade. Aos doze, apaixonado pelos ritmos da terra, passou a tocar bateria. Segundo ele, foi esse o instrumento que lhe deu uma visão ampla da música, permitindo que fundisse choro, bossas e frevo, indo do dobrado ao rock’.