Carta pública de Moraes Moreia ao prefeito Neto

Moraes e MolettaMoraes, que foi o primeiro cantor de trio elétrico e um dos responsáveis pelo crescimento do Carnaval da Bahia, se manifestou hoje em relação ao pedido de mudança do nome do Circuito Barra/Ondina de Dodô para Daniela Mercury, feita pela vereadora Vânia Galvão e aprovado pela Câmera de Vereadores de Salvador, na última quarta-feira (27/04).

Abaixo a íntegra da carta:


Excelentíssimo Sr. Prefeito ACM Neto,

Foi com profunda tristeza que recebi a notícia da mudança do nome do Circuito Barra-Ondina do Carnaval de Salvador. Como todos sabem, este é o Circuito DODÔ, homenagem mais que justa, prestada ao nosso grande inventor, quando da criação do mesmo. Chegou ao meu conhecimento a proposta da mudança de nome do referido circuito, que passaria a levar o nome de Daniela Mercury.

Chega de ingratidão, Bahia, seus filhos pródigos não merecem isso. Esta história vem de longe, todos sabemos que Dorival Caymmi tinha sérias queixas da Bahia. Outros nomes importantes, até de outras áreas, também sofreram e sofrem a falta do devido reconhecimento por partes das autoridades que nos representam. Eu certamente também me incluo nesta lista.

Pelo que sei, este projeto já foi aprovada na Camara Municipal, quem sabe a toque de caixa, pois agora só depende da sanção do nosso Prefeito. É no mínimo espantoso, um erro histórico imperdoável. Todos sabemos da enorme contribuição do nosso mestre, não só na invenção do poderoso TRIO ELÉTRICO, como também e principalmente na criação do Pau Elétrico, que veio dar na guitarra baiana, colocando desta maneira a Bahia como pioneira na criação da Guitarra Elétrica. É um divisor de águas. A nossa folia se conta antes e depois do Trio Elétrico.

Daniela merece todas as homenagens, é sem dúvida uma das nossas maiores artistas. Mas raciocinem comigo: porque agora vamos fazer esta indelicadeza com Dodô, sua família e seus admiradores? Dodô merece este protagonismo. Osmar, por ser mais expansivo e até pelo fato de ter vivido mais tempo, teve maior reconhecimento. Sou testemunha, porém, de como ele citava Dodô o tempo todo, sempre lembrando a importância do mestre da Eletrônica.

Faço aqui um apelo dramático: peço o apoio dos colegas, não deixem que isto aconteça. Que a opinião pública também se manifeste, afinal, o carnaval é festa do povo, que tem todo direito de não aceitar esta mudança. Faço um apelo também a minha querida Daniela, que de alguma forma já se apoderou daquele circuito, através das suas marcantes apresentações.

Pra finalizar, peço ao nosso prefeito o seu veto. Não aprove, não faça isso, pois, pensando bem, tenho certeza que seu avô não o faria. DODÔ NO QUE DER E VIER!

Atenciosamente,

MORAES MOREIRA

Deixe seu comentário

2 Comentários

  1. Fátima Leite

    Mudar o none seria um erro crasso! Esses vereadores não têm coisas sérias para fazer?

  2. Robson

    Que vergonha essa troca de nome, com todo respeito a Daniela que não mora na Bahia, ainda não é merecedora da soliticão de uma vereadora que deveria trabalhar em projetos e melhoria da cidade e não propor uma troca dessa. Coisas de quem não tem o que fazer, coisas de quem tem tempo para fazer a colher e bordar o cabo.

Próxima PublicaçãoDia do Trabalho (que dá fazer uma guitarra baiana)